Agromais

Projeto de Lei 1943/21 realiza esforços para frear cigarrinha do milho

Praga é preocupação para os produtores dessa cultura

AgroMais 22/11/2021 • 18:13
Presidente da AL participa da abertura do 7º Fórum Nacional do Milho
Presidente da AL participa da abertura do 7º Fórum Nacional do Milho
Divulgação

A cigarrinha do milho é sempre motivo de preocupação para os produtores dessa cultura. Os insetos vivem em colônias, no cartucho e em folhas jovens do milho, onde se alimentam, sugando a seiva da planta. São vetores de doenças e podem ser responsáveis por perdas de até 70% nas lavouras, segundo estudos da Embrapa.

Todas as ações de combate precisam ser integradas e colocadas em prática ao longo do ano. É ineficiente, por exemplo, apenas retirar o milho tiguera e não alternar os produtos químicos, como orienta a Embrapa. Outra alternativa no combate a cigarrinha do milho é plantar mais de uma cultivar.

Entre os esforços do setor produtivo para frear a praga, está o Projeto de Lei 1943/21 que institui o Programa Nacional para Controle da Cigarrinha do Milho. As ações vão envolver mais recursos financeiros para pesquisa, desenvolvimento e divulgação de tecnologias agropecuárias, além de incentivar a assistência técnica e extensão rural.

A proposta que ainda vai ser analisada pela Comissão de Constituição de Justiça da Câmara dos Deputados prevê ainda: linhas de crédito para viabilizar a adoção de tecnologias e práticas de controle recomendadas pela pesquisa agropecuária; medidas fitossanitárias para reduzir a infestação das lavouras e registro ou autorização emergencial de uso de produtos fitossanitários que ofereçam eficácia de controle da cigarrinha do milho.

  • Agricultura
  • Milho
  • Cigarrinha Do Milho
  • Projeto De Lei
  • Produtores