Agromais

Abiove reduz produção de soja em 2022 para 140 milhões de toneladas

O volume é 4,8 milhões de toneladas menor que o da projeção anterior

AgroMais 13/01/2022 • 16:37 - Atualizado em 14/01/2022 • 11:53
Colheita de soja
Colheita de soja
Famasul

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais - Abiove reduziu suas estimativas para a produção de soja em 2022. A entidade agora prevê uma colheita de 140 milhões de toneladas, um volume 4,8 milhões de toneladas menor que o da projeção anterior. A Abiove atribui o recuo às condições climáticas desfavoráveis que afetam a produção da oleaginosa nesta safra 2021/22.

Apesar da redução, se confirmado, o volume ainda assim será 1% maior que o colhido no ano anterior, de 138,500 milhões de toneladas. A menor produção deverá se traduzir em um recuo nas projeções de exportação da soja in natura, de 93,400 milhões para 91,100 milhões de toneladas, do estoque final em 2022.

O volume representa um aumento de 5,8% ante o ano passado. Para este ano, o estoque final da oleaginosa foi projetado em 4 milhões de toneladas, queda de 35,6% na comparação com a previsão para 2021. Já a expectativa de processamento da oleaginosa em 2022 foi mantida em 48 milhões de toneladas, alta de 3,2% em relação ao projetado para 2021.

Com o esmagamento inalterado, as produções estimadas tanto do farelo quanto de óleo de soja permanecem em 36,700 milhões de toneladas e 9,700 milhões de toneladas, respectivamente. A Abiove projeta também que sejam gerados mais de US$ 58 bilhões pelo setor neste ano.

  • Agronegócio
  • Abiove
  • Safra
  • Soja
  • Produção
  • Produção de Soja
  • Colheita